Buscar
  • José Armindo

Depressão e Ansiedade - A culpa é sempre do doente.



A Depressão e a Ansiedade são as perturbações mentais mais comuns na população. Uma em cada 5 pessoas teve ou terá um Episódio Depressivo ou uma perturbação de Ansiedade ao longo da sua vida. Isto é, ou vamos experimentar um destes episódios (Depressão ou Ansiedade) ou vamos conhecer alguém que os tem ou teve.


Estas doenças, são particularmente penosas para as pessoas que as têm porque não são encaradas como doenças. São vistas, pelos outros e pelos próprios, como uma fraqueza de carácter ou de personalidade. "Deixa lá isso", "é tudo da tua cabeça", se fosses forte", "eu cá não tenho tempo para isso", "tens é de - solução milagrosa", tens de ser forte" são as avaliações das pessoas mais próximas e são os julgamentos que fazemos de nós próprios quando temos Ansiedade ou Depressão. Como se fosse fácil, como se a culpa, fosse nossa.


Às vezes é a forma que encontram de nos ajudar. Abanar, como dizem. Mas é apenas fruto da ignorância e da impotência de não poder ajudar, de não saber o que fazer. Mas em vez de ajudar, afundam-nos ainda mais.


Ninguém nos diz "põe mas é a funcionar esse rim, tens é de respirar melhor ou fazer o coração bater mais rápido, quando temos doenças renais, cardíacas ou pulmonares. O cérebro é um órgão como todos os outros, embora seja um órgão especial.


A única diferença, a principal diferença, é que o cérebro produz pensamentos, controlo de outros órgãos (controlo consciente e inconsciente) e, para o que nos interessa, a consciência de si próprio, da realidade, dos outros e da nossa relação com os outros. Tal como os outros órgãos, o cérebro pode começar a funcionar mal, a não cumprir a sua função adaptativa, de sobrevivência.


Há desequilíbrios fisiológicos, emocionais e padrões de pensamentos e de comportamentos que produzem e agravam os sintomas nas doenças psicológicas. Se os entendermos, analisarmos e os modificarmos, podemos curar as doenças psicológicas, podemos mudar drasticamente as vidas das pessoas. 


É o que fazemos. Somos especialistas na utilização das psicoterapias mais eficazes, por grupo etário (crianças, adolescentes, adultos) e por tipo de problema (Ansiedade, Depressão, Problemas nos Casais, Problemas na Sexualidade, Problemas do Desenvolvimento nas Crianças, Desempenho Escolar, Neuropsicologia e Perturbações do Espectro autista e Orientação Vocacional).


A Psicoterapia é forma mais eficaz de produzir resultados duradouros, permanentes, sem efeitos secundários, no tratamento das perturbações mentais mais comuns. Mas ninguém consegue saber tudo de tudo, sempre, para todos.


Por isso somos muitos. Cada um na sua área, cada um no seu tema, cada um com a sua formação, gosto e especialidade. O que não sabemos fazer, não fazemos. 


Informe-se, veja mais páginas de outros psicólogos, escolha com calma. Vai ver que vale a pena. É uma experiência inesquecível. A vida pode mudar, ser mais fácil, sem medos e com mais prazer. 


Veja as páginas com calma, informe-se, tome notas, aponte dúvidas. Se precisar, nós respondemos.


psicologia.criancasecasais@gmail.com



34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo